CONHEÇA A NBR 12.209/11 PARA DIMENSIONAMENTO DE ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES

O crescimento progressivo da população e, consequentemente, o aumento dos esgotos gerados, tem exigido da sociedade e das políticas públicas que, além da implantação de rede coletora, é necessário que seja realizado o tratamento e a disposição adequada dos esgotos tratados em todos os municípios brasileiros. Desde 2011, foi revisada a NBR 12.209, para dimensionamento de estações de tratamento de esgoto que tem como foco a atualização dos parâmetros e diretrizes da “Elaboração de Projeto Hidráulico e de Processo de Estações de Tratamento de Esgoto Sanitário (ETEs)”.

A normativa apresenta as condições recomendadas para a elaboração de projeto hidráulico e de processo de ETEs, observada a regulamentação específica das entidades responsáveis pelo planejamento e desenvolvimento do sistema de esgoto sanitário. O texto aborda desde o tratamento da fase líquida e sólida até como fazer o desaguamento, a desinfecção e o controle de emissões gasosas.

A Norma, agora, mais abrangente e detalhada, contempla os dimensionamentos dos Reatores UASB (reator anaeróbio de fluxo ascendente e manto de lodo), FBP (filtro biológico percolador), FAS (filtro aerado submerso) e Decantador Secundário Lamelar, entre outros, atendidos com excelência pelas soluções oferecidas pelas companhias de água e esgoto.

O conhecimento da norma resulta em um projeto bem elaborado e que atende a legislação ambiental.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.